Fundado em 20 de março de 2003

CGTIFundada em 20 de março de 2003, é resultado da união de esforços de profissionais e empresas ligadas ao desenvolvimento de inovação para criar um centro de excelência em P&D no Setor Elétrico.

Situando estrategicamente em Campinas/SP, para encontrar-se inserido no principal núcleo tecnológico do Brasil, estando próximo de grandes universidades, empresas e laboratórios, permitindo a integração das grandes instituições do Sudeste do país.

Transformador Verde
No ano de 2003, uniu-se a Itaipu Transformadores, a B&M Pesquisa e Desenvolvimento e ao Grupo CPFL para desenvolvimento de seu primeiro projeto com apoio da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

2004

CGTIA partir deste ano, formou-se gerindo e executando projetos inovadores nas áreas de Novos Equipamentos e Materiais, Análises de Fim de Vida de Equipamentos e Valoração de Ativos, firmando parcerias e convênios com Universidade Federal de São Carlos, Universidade Federal de Campinas, Universidade Federal de Itajubá, Universidade Federal de São Paulo, Universidade Federal de Rondônia, Centro de Pesquisa Renato Archer e Núcleo de Pesquisas do Nordeste.

2005
2006
2007

hist-finep-projeto

No ano de 2007 obteve seu primeiro financiamento através da Subvenção Econômica do FINEP e do CT-Energ para desenvolvimento de Equipamento de Monitoramento On-Line de Transformadores de Potência. Neste mesmo ano desenvolveu um Programa de Bolsas junto à universidades de renome em todo o território nacional com financiamento da Centrais Elétricas de Rondônia S.A. – CERON, onde foram formados 2 doutores, 11 mestres e 60 especialistas ao final de cinco anos, obtendo também a titulação de OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) e sendo reconhecida pelo Ministério da Justiça do Governo Federal, possibilitando o alcance de Fundos Setoriais e execução de Projetos com Incentivo Fiscal em áreas técnicas e sócio/ambientais.

 

 

Em

2008

CGTI Norte

Em 5 de maio de 2008 em Porto Velho – RO, o CGTI Norte foi estabelecido para apoiar a inovação e desenvolvimento no Norte do Brasil, estruturando suas equipes executoras nos projetos, mantendo a proporção de um terço de pesquisadores da macrorregião Norte, um terço de pesquisadores de outras macrorregiões e um terço de professores especializados no tema do projeto (indiferente da região de onde estejam estabelecidos).

CGTI NEEm 4 de Junho de 2008 em Recife – PE, o CGTI Nordeste foi instituído para permitir incremento de parcerias que levassem à inovação e desenvolvimento naquela região do Brasil. Dentro desse foco busca-se estruturar as equipes executoras de maneira semelhante à política adotada na filial Norte.

Fabricação de Transformadores

Neste mesmo ano, lançou um Programa de Parcerias com Indústrias para adequação e preparação de licenciamento através de desenvolvimento em conjunto de Cabeças-de-Série e Lotes Pioneiros, além da participação da revisão de Normas Brasileiras para incorporação de novas premissas trazidas pelas inovações.

2009

Meninos da FazendaEm 2009 o CGTI desenvolveu equipes militantes em Projetos Socioeducativos e Esportivos, voltando-se para a educação de futuras gerações. Também utilizando-se do conhecimento interno desenvolvido, ampliou a oferta de serviços de engenharia especializados, projetos de eficiência energética e projetos de inovação para grandes instalações geradoras.

2010

Linhas de TransmissãoNeste ano apresentou maior foco de seus desenvolvimentos em soluções ambientais e novos materiais ecologicamente amigáveis, iniciando estudos voltados a Biocombustíveis, Óleos Vegetais, Manejo de Vegetação e Nanotecnologia.

2011

CGTI NorteAo final de 2011 construiu e equipou um Laboratório próprio de Automação e Controle, com instrumentos atuais dando capacidade de gerar, analisar, minerar, e encontrar novos conhecimentos pela obtenção de um grande número de informações simultâneas extremamente rápidas, com abordagem forte baseada em medições, modelos e descobertas.

2012

Projetos Meio Ambiente

Em 2012 voltou-se a estratégias de comercialização de produtos frutos de inovação recém normatizados, dando mais espaço e incentivo a inserção de mercado de produtos como Transformador Verde, Ecocaixa, Recife Artificial e Monitoramento On-Line.

2013
2014

No início de 2014, a Filial Mineira do CGTI foi aberta em Itajubá, dando apoio à Matriz no andamento dos projetos desenvolvidos na região Sudeste, contando atualmente com Equipe Administrativa e de Apoio a Projetos.

CGTI NEinaugurou seu Laboratório na Filial do Nordeste, contando com 360 m² a mais para Equipe Administrativa e Instalações Laboratoriais voltadas a testes, ensaios, montagem de protótipos e unidades pilotos necessários para a execução dos projetos em desenvolvimento.

2015

Projetos

Completou 12 anos em 2015, somando 139 projetos, R$ 66 milhões investidos e mais de 500 mil horas trabalhadas com atuação em vários setores, promovendo e viabilizando o desenvolvimento nacional, tornando realidade ideias e projetos que solucionam gargalos tecnológicos e dão força ao conhecimento através da realização de pesquisas, estudos, projetos, testes, desenvolvimento de processos, cursos, treinamento e gestão.

2016